Mensagem aos Finalistas

do Ensino Secundário do AECCB – 2015/2016

Antes de terminar o ano letivo 2015/2016, na qualidade de Diretor do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco (AECCB), fiz questão de deixar de viva voz a todos os alunos do 12.º ano do ensino regular uma mensagem de agradecimento e estímulo, a qual, e porque os alunos o merecem, se torna agora pública:

“Ao terminaram uma etapa do seu percurso de vida, o AECCB agradece aos seus alunos finalistas do 12.º ano, assim como aos seus encarregados de educação, a preferência que deram ao projeto deste agrupamento.

Os alunos finalistas do 12.º ano são o espelho da nossa ação educativa, são o corolário de uma educação que faz a diferença, na dimensão académica, na dimensão humana, na dimensão criativa e inovadora, uma escola com Visão que acredita nos seus alunos como o garante de uma sociedade melhor onde a ação humana faz a diferença. Souberam, e para além do seu empenho nas diversas disciplinas, dinamizar atividades artísticas, culturais e desportivas que levaram a que todos no AECCB sentissem orgulho em pertencer a esta instituição. Estou certo que os alunos levarão na sua memória os bons momentos passados no AECCB, sabendo que os professores e funcionários acompanharão com especial interesse o seu percurso de vida.

Para além do agradecimento, fica também uma palavra de estímulo e confiança para o futuro, nomeadamente o imediato – os exames nacionais. O estímulo e a confiança numa boa prestação nos exames nacionais estão alicerçados na capacidade de trabalho partilhada e demonstrada ao longo do ano entre alunos e professores. E já agora, um pouco de sorte, que nunca fez mal a ninguém, sobretudo àqueles que a procuram.

Como diretor do AECCB, não resisto em terminar esta mensagem a todos os finalistas do 12.º ano, com um excerto do texto que a presidente da Associação de Estudantes da ES Camilo Castelo Branco, Patrícia Peixoto, fez questão de publicar na revista do agrupamento, “Camilo em Ação”, o qual nos completa a todos como seres de afeto e assume um sentido abrangente, pois sei que é partilhado por muitos dos nossos alunos:

‘Muito honestamente, não sei se existirá escola como esta, onde a exigência, o rigor, a excelência e a união abundam e, nunca, abandonam. Faço votos para que muitas outras lhe sigam o exemplo. Esta Escola ensinou-me que o melhor de mim estará sempre por chegar e que o tempo até ao sucesso é o que a memória tem de mais precioso para guardar.’

Nunca se esqueçam – o AECCB será sempre a vossa casa, por isso voltar é algo natural.”

Nota: Os alunos finalistas do 12.º ano, cursos profissionais, ainda estão em estágio e terão que apresentar/defender a PAP, para eles votos de continuação de um estágio proveitoso e até breve.

O Diretor

Carlos Teixeira